> > Notícias

Notícias

FATO RELEVANTE

A CONCESSIONÁRIA DO AEROPORTO INTERNACIONAL DE GUARULHOS S.A. ("GRU Airport" ou "Concessionária") em atendimento às disposições da Instrução da Comissão de Valores Mobiliários nº 358, de 03 de janeiro de 2002, conforme alterada, comunica ao mercado que, tendo em vista a proposta de reprogramação do pagamento da contribuição fixa anual devida no ano de 2017, encaminhada por GRU Airport em janeiro de 2017 à Secretaria de Aviação Civil, a qual, até a data limite da composição da Conta Reserva, 12/05/2017, não havia sido respondida, GRU Airport não realizou a composição da Conta Reserva prevista nos Contratos de Financiamentos e de Cessão Fiduciária de Direitos Creditórios, firmados junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES e Bancos Repassadores e a nas escrituras da 1ª e da 2ª emissão de debêntures da Companhia, uma vez que a obrigação de pagamento da outorga fixa poderá ser postergada de julho de 2017 para dezembro de 2017, devido a publicação da Portaria nº 135 do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, a qual, dentre outros temas, tratou da possibilidade de se autorizar a reprogramação do cronograma de recolhimento da Contribuição Fixa dos contratos de concessão federal para ampliação, manutenção e exploração de infraestrutura aeroportuária celebrados até 31 de dezembro de 2016, a qual abrange, portanto, o Contrato de Concessão de GRU Airport.

No interesse de seus acionistas e em cumprimento com as melhores práticas de governança corporativa, GRU Airport manterá o mercado oportunamente atualizado sobre informações relevantes relacionadas a este tema.

Guarulhos, 12 de maio de 2017.
CONCESSIONÁRIA DO AEROPORTO INTERNACIONAL DE GUARULHOS S.A.

Marcio Hermann Lewin
Diretor de Relações com Investidores